...É PRECISO TER ASAS,PARA SE AMAR O ABISMO...

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

...numa emergência, aqui fica o conselho...rsrsrs


4 Comentários:

Blogger Vício disse...

e depois a chamada caiu!

7 de novembro de 2008 01:02  
Blogger © efeneto disse...

Quando as palavras
secam na garganta
no momento exacto de as dizer
parecem rochas encrostadas na terra
impossíveis de as moldar.
Fico na impotente ansiedade
como náufrago, sem gritar.
Sei como são cruéis
e tiranas as palavras
que se recusam a pronunciar-se
naquele exacto momento
em que mais são precisas.
Quando me acontece contigo
substituo-as pelo olhar
e as mãos dizem o resto.

Voltei. O Grito do Poeta calou-se. Pode ser que ressuscite. Até lá convido a apanharem umas Migalhas de Poesia. Fica a promessa que voltarei para vos ler e apreciar com a atenção que merecem. Afinal os amigos souberam esperar. Até já…

7 de novembro de 2008 02:47  
Blogger O Viriato disse...

Ao que acrescentaria, "SE QUISER VER A SUA CHAMADA PERDIA" marque 112.

Cunprimentos

7 de novembro de 2008 05:47  
Blogger Miriamdomar disse...

Imaginem até que numero(s) ele vai ter de esperar para morrer!
Isto só em terras lusas e com música a acompanhar!

7 de novembro de 2008 11:42  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

<

Powered by Blogger

Assinar
Postagens [Atom]