...É PRECISO TER ASAS,PARA SE AMAR O ABISMO...

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Boa semana...




A morte da vaquinha


Numa família pobre, que tinha como única fonte de renda uma vaquinha leiteira ocorre uma tragédia:


Ao amanhecer mais um dia, a dona da casa olha pela janela e depara-se com uma cena horrível, a vaquinha estava morta!!!

Sem conseguir imaginar uma maneira de viver sem a renda adquirida com a venda do leite da vaquinha, ela corta os pulsos e mata-se...

Em seguida, sem saber de nada, o marido cardiaco acorda, e vai apanhar ar à janela quando se depara com aquela cena horrível, a mulher morta, a vaquinha morta...

O seu coração doente não aguenta e ele morre ali mesmo.

Nesse instante, o filho mais velho que veio para pedir a bênção, sai e quando vê: o seu pai morto, a sua mãe morta,e a vaca morta!!!

Endoidecido, sai a correr para se afogar no mar!

Quando lá chega, vê uma sereia que lhe diz:

- Eu sei o que aconteceu, mas se deres umas sete quecas comigo e sem saires de cima eu deixo tudo normal.

Ele foi com coragem mas na sexta ele caiu para lado, ao passo que a sereia, enfurecida, pegou numa faca e matou-o jogando-o ao mar...

Então chega o seu irmão, desesperado e ingénuo chamando por ele e a sereia interrompe-o:


- O teu irmão morreu, e eu sei o que aconteceu com todos mas se deres umas seis quecas comigo e sem saires de cima, eu deixo tudo normal...

E lá foi ele também, mas, caiu para o lado na quinta...

A sereia, enfurecida, matou-o também!

Nisso vem a chegar o Joãozinho com cara de velhaco...

e a sereia diz-lhe:

- Joãozinho,se me deres 30 quecas sem saires de cima, deixo tudo normal com meus poderes mágicos!!!

- Trinta!? Disse o garoto.

- Não vais aguentar e vais morrer como a vaquinha.

1 Comentários:

Blogger duarte disse...

e tudo isto por causa duma vaca...
duarte o tritão

18 de novembro de 2008 05:00  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

<

Powered by Blogger

Assinar
Postagens [Atom]