...É PRECISO TER ASAS,PARA SE AMAR O ABISMO...

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010



"...A gente não deveria
Sentir saudades de amigo
Apenas trazê-lo no peito
Espantando as horas de agonia...
Chamá-lo pelo pensamento
E abraçá-lo forte,
Como se a nossa defesa
Pudesse estar toda ali...

Saudades de amigo,
Embora seja uma saudade leve
Como um sopro de vento
No calor causticante
Ou como sol de inverno
Nas manhãs tristes,
Não deveria existir...

Mas é assim
Que me estou a sentir hoje...
Metade de mim sou eu.
A outra metade
É só saudade…
Amigo,
De ti..."

2 Comentários:

Blogger Zé do Cão disse...

finalmente. Que preguiça.

O Zé, até já estava com beicinho. Boa amiga, que saudades, ainda não repeti o cozido.


Beijokitas

3 de fevereiro de 2010 15:26  
Blogger duarte disse...

ei lá!
she is back!
olá fotógrafa. vim dar-te o meu olá , e deparo-me com esta homenagem a amizade. e que bela homenagem esta.
quem assim sente , não lhe falta o carinho , a cumplicidade, o refúgio, a amparo de muitas amizades.
daqui do vale,um abraço.

22 de fevereiro de 2010 04:23  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

<

Powered by Blogger

Assinar
Postagens [Atom]