...É PRECISO TER ASAS,PARA SE AMAR O ABISMO...

sábado, 21 de fevereiro de 2009

...e como vai sendo carnaval todos os dias...aqui fica...

Versão do Fado do Cacilheiro



Quando eu era rapazote

Dei o primeiro calote

Uma corrupção bem sucedida

Ganhei e gostei dela

E lá me atraquei a ela

P'ró resto da minha vida


Às vezes uma pessoa

O suborno não perdoa

Faz bater o coração

Mas tenho grande vaidade

Em ser uma sumidade

Na arte de aldrabão


Sou Engenheiro

Dos Piratas companheiro

Dedicado embusteiro

Pequeno ladrão do povo

E governando

A idade vai chegando

Ai…

O cabelo branqueando

Mas o Freeport é sempre novo


Todos vão para a rua

Na empresa que não é sua

Mas eu tenho outro desejo

Eu navego em outras águas

Portugueses cantam as suas mágoas

Eu cá não os invejo

4 Comentários:

Blogger duarte disse...

olá fotógrafa
Tenho estado ausente (e vou continuar por mais um pouco)...mas não me esqueci de cá vir dar um abraço.
Temos de começar a cantar bem alto essas letras... para todos decorarem e cantarmos em uníssono.
até breve.

22 de fevereiro de 2009 10:34  
Blogger Noivo disse...

é sem dúvida o tema do momento! mister S. :)

22 de fevereiro de 2009 16:40  
Blogger Zé do Cão disse...

Mais do actualizado.

Beijocas

24 de fevereiro de 2009 04:04  
Blogger F Nando disse...

Muito actual só falta mesmo umas gajas nuas!
Falando sério começa a preocupar são coincidências a mais. Ainda há uma hora atrás disse que ainda hei-de ver o engenheiro a suspender um jornal diário.
Aceitam-se apostas!
Este tipo tem mesmo tiques de ditador bem acho que hoje ainda vou "postar" mais umas fotos e preparar o de amanhã.
Acabou o carnaval

24 de fevereiro de 2009 12:33  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

<

Powered by Blogger

Assinar
Postagens [Atom]